Como otimizar tempo e recursos nos processos fiscais?

Já reparou como no setor tributário brasileiro tem se tornado complexo?

São frequentes as alterações nas obrigatoriedades, inúmeras correções e layouts atualizados, entre outros pormenores que atrapalham na entrega. Hoje a necessidade de uma solução com automação fiscal nos processos se faz cada vez mais essencial e presente nas organizações. Isso porque o envio de documentos e informações ao fisco, assim como, a segurança, assertividade dos dados e o registro destes por parte dos colaboradores, de forma manual, leva dias, atrapalhando a rotina de muitas empresas que precisam de processos ágeis, redução de custos e conformidade das entregas.

No que diz respeito ao controle fiscal, algumas ferramentas apresentam funcionalidades que parametrizam os dados otimizando o trabalho da equipe e garantindo a segurança no envio de dados.

As soluções de automação validam informações através do próprio sistema antes de serem importadas ao software de gestão da empresa, estão constantemente atualizadas quanto as mudanças fiscais, extraem os dados necessários do próprio sistema de gestão, cumprem prazos, acompanham o compliance e apoiam o planejamento da gestão fiscal da empresa.

É esperado que o futuro da automação fiscal seja cada vez mais promissor, já que muitas empresas farão uso dessas ferramentas para agilizar processos, reduzir o tempo e, ainda, aumentar a segurança de seus dados e informações, dessa forma controlando melhor as atividades e melhorando as tomadas de decisões.

O futuro dos processos fiscais

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), o Brasil é um dos países com maior carga tributária no mundo. E se esse alto encargo financeiro já não fosse suficiente, a má gestão tributária pode fazer com que uma cifra ainda maior vá para o ralo.

O que poderia ser parte do lucro de uma empresa ou revertido para outros fins, se perde sem nunca achar o caminho de volta. Saber gerir o recolhimento de tributos e conhecer a legislação vigente é fundamental para a saúde financeira de qualquer empresa.

É claro que é preciso otimizar tempo e recursos, mas a principal pergunta é: como? Existem diversas maneiras e nós vamos falar de três aqui: Gestão, Consultoria e Automação fiscal tributária. Cada uma tem a sua importância e não substitui a outra.

Gestão de tributos

Gestão tributária é o nome dado às ações que têm o objetivo de administrar todos os aspectos referentes a tributos de uma empresa com a finalidade de conhecer, ajustar e planejar os gastos para controle das operações que tenham relação direta ou indireta com tributos.

É preciso, para isso, se manter atualizado quanto às legislações vigentes no Estado onde a empresa está sediada e onde ela atua, e, claro, da legislação nacional. A equipe fiscal vai corrigir interpretação errôneas das leis e a consequente execução injusta de obrigações tributárias na empresa.

A gestão correta de tributos vai conseguir evitar penas, sanções e multas que poderiam prejudicar a empresa.

Consultoria tributária

Além da equipe interna, porém, muitas vezes é necessário haver o apoio de uma equipe externa para essa gestão. É nesse momento que entra a consultoria. Profissionais especializados em cada aspecto tributário são uma segurança a mais para que as empresas se certifiquem de agir com inteligência e estratégia. Muitas vezes a melhor opção pode ser um BPO para o seu processo.

Automação fiscal

Quando se fala em “automação fiscal” muitas pessoas se assustam e imaginam o processo com máquinas substituindo o trabalho humano. E na prática é bem diferente.

A automação fiscal é uma processos por software onde visa contribuir diretamente para a redução dos custos operacionais no departamento fiscal. Esse tipo de automação tem contribuído para tornar processos mais estáveis e para que as decisões importantes passassem a ser tomadas com base em regras predefinidas, garantindo a conformidade dos processos. A grande vantagem disso é o tempo da equipe sendo poupado, o custo baixo na implementação dos sistemas e o alto retorno sobre o investimento.

A automação fiscal deve reduzir a necessidade da intervenção humana nos trabalhos repetitivos do departamento fiscal de uma empresa, mas isso não irá substituir a presença humana, nem a tomada de decisão da ação ficando sempre ao cargo do responsável avaliar as opções. Atualmente, as ferramentas estão mais “inteligentes” e lidando de forma mais direta com processos que antes poderiam ter mais de uma interpretação. Logicamente, existem etapas a serem cumpridas, e os processos manuais devem ser mapeados de forma padronizada para que os resultados sejam sólidos e coerentes com o seu cenário fiscal.

Então se você está pensando em aderir uma solução, seja por um sistema fiscal, uma equipe de consultoria, ou talvez de forma externa, através de um BPO. Você pode contar com a TSCTI – Soluções Fiscais. Temos diversos modelos de atendimento voltado especificamente para seu momento de mercado. Que através de uma analise minuciosa desenvolvemos um ambiente para melhor atende-lo sempre seguindo os padrões de Governança e Compliance estabelecidos pelo mercado.

Não fique preso ao passado e garanta mais segurança e agilidade nos seus processos fiscais. O futuro é agora! Quer saber mais sobre como implementar a automatização dentro dos processos fiscais? Fale com a gente, fazemos um diagnóstico do seu cenário fiscal e direcionamos a melhor solução para o seu negócio.

Se preferir entre em contato via Whatsapp

ou pelo nosso e-mail: atendimento@tscti.com.br

banner Tax Manager automação fiscal
Comentários

Equipe Tax Solutions Consultoria

Equipe de profissionais qualificados, certificados e capacitados nas principais metodologias de mercado com mais de 100 mil horas em projetos fiscais por todo o território nacional