Como melhorar os processos e a qualidade do XML dentro do processo fiscal?

Como melhorar os processos e a qualidade do XML dentro do processo fiscal?

Os documentos eletrônicos, XML e seus respectivos impressos auxiliares, DANFE por exemplo, fazem parte do projeto de digitalização que estamos passando dentro do projeto SPED (Sistema Público de Escrituração Eletrônica). Para entendermos melhor cada um vamos começar por partes. A Nota Fiscal Eletrônica, por exemplo, realiza o registro das operações comerciais, possui validade jurídica e é emitido e armazenado eletronicamente, garantido por sua assinatura digital. Antigamente na Nota Fiscal, o prestador do produto/serviço emitia a Nota e entregava uma via para o cliente e outra para seu contador que realizava os registros fiscais e contábeis. Com a introdução da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) dentro do projeto SPED, o registro passou a ser digital, bem como todos os demais modelos de documentos como NFSe, NFCe, CT-e, NFTS, SAT ….

O Documento Auxiliar da NF-e, mais conhecido como DANFE disponibiliza um resumo das informações, mas não carrega valor jurídico como a NF-e. Apenas deve ser impresso quando envolve a circulação da mercadoria. Importante lembrar que a sua chave de acesso é composta por 44 caracteres, onde identifica unicamente sua NF-e e permite a consulta do documento e também o download do XML.

O XML do Modelo 55 é o arquivo definido como padrão para a NF-e para todo território nacional e hoje carrega melhorias e adições de informações visando um maior controle das transações pelo fisco. Muito importante ressaltar que o comprador e o fornecedor devem manter o controle de seus XMLs por pelo menos 5 anos, para o caso de fiscalizações. Os XMLs das NFes dispensam impressão, pois já possuem valor jurídico e devem ser guardados e entregues nas escriturações para a Secretaria da Fazenda e Receita de forma digital nas obrigações acessórias com por exemplo GIA´s, SPED Fiscal, Contribuições e o mais recente Reinf.

Por isso, possuir um sistema que te auxilie com a captura, validação dos dados, auditoria automática, A.I. (inteligência artificial) para tomada de decisões operacionais com os seus XMLs evitando que seu ERP e obrigações fiscais sejam impactadas no que tange a qualidade e compliance é no mínimo recomendável para os próximos anos. Além de garantir mais performance, controle da informação, economia de tempo e dinheiro. O Tax Manager é um sistema totalmente focado em compliance e governança, compatível com os principais ERP’s do mercado. Capaz de gerenciar todo processo, cruzando as informações, automatizando os processos e aplicando assim as diretrizes demandadas.

Quer conhecer mais sobre a Solução Fiscal Tax Manager, acesse a nossa página.

Ficou alguma dúvida no processo? Estamos à disposição para te ajudar. Fale conosco!

banner Tax Manager

 

Comentários

Equipe Tax Solutions Consultoria

Equipe de profissionais qualificados, certificados e capacitados nas principais metodologias de mercado com mais de 100 mil horas em projetos fiscais por todo o território nacional